Posso escovar os dentes com argila, cúrcuma ou bicarbonato de sódio?

0 Flares Facebook 0 Email -- 0 Flares ×

Recentemente foi gerada uma polêmica nas redes sociais sobre formas alternativas para os cuidados com a higiene bucal. Coincidentemente, mais uma vez, toda a discussão aconteceu por causa de uma publicação feita pela apresentadora Bela Gil no seu perfil do Instagram. Falo coincidentemente porque em 2015 a apresentadora também esteve envolvida noutra questão polêmica a respeito do mesmo tema.

Assim, devo escovar os dentes de forma alternativa aos métodos tradicionais com argila, cúrcuma ou bicarbonato de sódio?

Em primeiro lugar, nós profissionais da Odontologia devemos pautar todas as orientações sobre saúde bucal baseados em evidência científica, afinal este é um compromisso de todos os profissionais das áreas da saúde.

Em comunicado recente do CROSP (Conselho Regional de Odontologia de São Paulo) sobre este assunto foi destacado que a presença do flúor nos cremes dentais e na água de abastecimento público possibilitou grande redução no número de cáries, ou seja, crianças que utilizam o creme dental fluoretado têm 30% menor número de cáries. Ainda de acordo com o CROSP, o flúor vem sendo utilizado mundialmente há 60 anos, estando esta utilização pautada em milhares de artigos científicos.

A utilização de cremes dentais fluoretados é recomendada pela Organização Mundial de Saúde, Organização Pan Americana de Saúde e pelo Ministério da Saúde. Por outro lado, não há evidência científica que demonstre benefícios relacionados ao uso da argila, cúrcuma ou bicarbonato de sódio como substâncias alternativas ao creme dental.

Com relação à argila e ao bicarbonato de sódio, além de não haver ação anticariogênica comprovada, há que se considerar a ação altamente abrasiva destas substâncias. O uso regular durante a escovação poderá provocar desgastes ao esmalte dentário e, consequentemente, a possibilidade de sensibilidade dentária.

O desgaste do esmalte leva, com o passar do tempo, à exposição da dentina que é o tecido que contém terminações nervosas provenientes da polpa dentária. Além da questão sensibilidade dentária, a perda do esmalte por abrasão pode repercutir negativamente na estética do sorriso.

Com relação à cúrcuma ou açafrão, a apresentadora Bela Gil defende a sua utilização como método alternativo ao uso do creme dental por considerar as suas propriedades antissépticas, antibióticas e anti-inflamatórias. Todavia, estas propriedades estão associadas a uma substância presente no açafrão, a curcumina. No açafrão, a concentração desta substância é muito baixa para que sejam obtidos estes benefícios durante a escovação. Mais uma vez, é preciso reforçar, não existem evidências científicas que comprovem este papel protetor na higiene bucal.

Adicionalmente, o uso regular do açafrão poderá promover manchas e provocar o escurecimento dos dentes, pois esta substância apresenta alto potencial de pigmentação em função do corante natural da mesma. Mesmo que estas manchas possam ser removidas com limpeza profissional, poderá haver um prejuízo na estética do sorriso com o uso rotineiro.

Todas estas polêmicas estão relacionadas às discussões sobre a toxicidade do flúor. Todavia, a concentração de flúor presente nos cremes dentais é baixa e todo o creme dental é expelido após a escovação. Com relação à água de abastecimento público, existem normas de biossegurança que regulamentam a concentração do flúor presente na mesma.

Dessa forma, as evidências científicas hoje recomendam a escovação diária com creme dental fluoretado, inclusive para as crianças monitoradas por um responsável. A opção pelo uso de cremes dentais sem flúor é individual, porém, nós profissionais devemos alertar que esta prática exclui a ação protetora adicional contra as cáries. O importante é estar esclarecido sobre a escolha. Adicionalmente, o dentista é o único profissional capacitado para tratar de todas as questões relacionadas à saúde bucal. Pense nisso!

Simone Xavier S. Costa

CRO-SC 10.044

Cirurgiã-Dentista na VITACLASS- Clínica Integrada de Saúde

Especialista e Doutora em Dentística Restauradora

Professora do Curso de Odontologia da UNISUL

0 Flares Facebook 0 Email -- 0 Flares ×

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *