Blog

O-clareamento-dental-é-indicado-para-todas-as-idades-732x546.png

É comum no período da adolescência uma preocupação com a estética em geral, o que inclui o desejo de ter um sorriso com dentes brancos e bem alinhados. Neste contexto, surge o desejo de por clarear os dentes e os pais ou responsáveis podem ter algumas dúvidas:

A partir de quantos anos o clareamento é indicado?

O clareamento está indicado de forma segura a partir dos 15 anos de idade. A razão para este cuidado é que normalmente a polpa dentária (tecido responsável pela vascularização e inervação dos dentes) é mais volumosa por pacientes jovens. Assim, o agente clareador pode atingir mais facilmente este tecido e promover alterações de natureza inflamatória.

Qual a técnica de clareamento é mais apropriada nesta etapa da vida?

O clareamento caseiro supervisionado é a técnica indicada na adolescência, pois nela é possível a utilização das menores concentrações dos agentes clareadores, bem como regular os tempos de uso. Nesta técnica é feita uma moldagem dos dentes e sobre um modelo de gesso é confeccionada uma placa de acetato personalizada que o paciente utilizará diariamente com o gel clareador selecionado. O tempo total para obtenção do resultado completo é de aproximadamente 01 mês.

Há risco de danos aos dentes?

Desde que o clareamento dental esteja bem indicado e personalizado para as condições individuais de cada paciente, ou seja, sob acompanhamento profissional, trata-se de uma técnica segura e com eficácia comprovada cientificamente. Esta técnica não é definitiva, sendo necessária a manutenção ou o reclareamento, respeitando um intervalo mínimo de 01 ano e meio entre um clareamento e outro.


image-2-1200x900.png

É dia de cuidar dos dentes e você está procurando por alguns dentistas que usam sedação, certo? Sabemos que só de pensar em ficar horas naquela cadeira, com aquele motorzinho arrepiando até a espinha, dá vontade de desistir. Mas, antes de se arriscar a ter um problema evitando tratamentos mais complexos, saiba que existem soluções e dentistas que usam sedação para amenizar o mal-estar ocasionado por alguns procedimentos.

Muitas vezes o medo é adquirido por causa de uma experiência ruim. O que importa é respeitarmos isso e desenvolvermos uma forma de deixar o paciente mais confortável, para que, além dos procedimentos em si, ele se sinta bem para frequentar o dentista, sempre pensando na odontologia preventiva.

Alguns dentistas que usam sedação, como os profissionais aqui da VitaClass Clínica, afirmam que existem procedimentos que facilitam e diminuem o desconforto. Conheça a seguir alguns deles:

– Sedação com óxido nitroso: O ÓXIDO NITROSO, mais conhecido como gás do riso, elimina progressivamente a ansiedade e o medo, aumentando a autoconfiança. Induz a uma sensação de relaxamento durante o procedimento clínico. Nesse método, o paciente inala o óxido nitroso por meio de uma máscara, permitindo que fique mais relaxado, sem que perca a consciência e possa reagir aos estímulos. Ao final da consulta, o paciente fica cinco minutos no oxigênio e volta totalmente ao seu estado consciente. Este procedimento é muito indicado pelos dentistas que usam sedação.

– Sedação medicamentosa: VIA ORAL, que consiste na administração de um ou mais medicamentos, os quais causam alterações nos níveis de consciência, motricidade e parâmetros fisiológicos do paciente, sendo que o nível de sedação alcançada em cada indivíduo depende do fármaco, da dose e da sensibilidade individual ao medicamento. Ao final da consulta, o paciente fica em observação até que seu nível de consciência volte à normalidade.

– Sedação medicamentosa: VIA ENDOVENOSA, que consiste na administração de um ou mais medicamentos, os quais causam alterações nos níveis de consciência, motricidade e parâmetros fisiológicos do paciente, sendo conduzida por um médico anestesista que irá avaliar o paciente previamente e monitorar ao longo de todo o procedimento.

As sedações são realizadas tanto em crianças quanto em adultos. O tipo e o nível de sedação vão depender da necessidade de cada paciente e os dentistas que usam sedação são totalmente aptos para indicar o procedimento mais indicado para cada tipo de paciente.

É importante você pesquisar e agendar consultas com dentistas que usam sedação antes de realizar o procedimento. Converse com o profissional e tire todas as suas dúvidas sobre o assunto. Aqui na VitaClass Clínica temos profissionais especializados em sedação na odontologia pronto para lhe atender. Entre em contato e acabe hoje mesmo com o medo de ir ao dentista!

Se você gostou do nosso artigo sobre dentistas que usam sedação, não deixe de enviar para um amigo que tem medo de dentista. E compartilhe também em suas redes sociais. Nos vemos em breve!


DTM-1024x536.jpg

Antes de saber se a DTM tem cura, é importante você conhecer um pouco mais sobre o assunto. A Disfunção Temporomandibular (DTM) é definida como distúrbios que envolvem os músculos da mastigação, a Articulação Temporomandibular (ATM) e estruturas associadas. Ela é relativamente comum na população, pelo menos de 37% á 68% das pessoas apresentam ao menos um sinal ou sintoma de DTM. Entretanto, verifica-se que a necessidade de tratamento na população adulta é estimada em 15%. Isso porque algumas pessoas apresentam sinais de DTM que podem ser considerados somente uma variação do estado normal, porém não são dolorosas. 

DTM tem cura? Quais são as causas da DTM? A DTM é multifatorial, sendo assim não existe uma única causa para que ela aconteça. Existem fatores que podem desencadear, perpetuar e contribuir para que a dor e disfunção se apresente.  Alguns desses fatores são: anatomia, trauma, hábitos como mastigar chicletes, roer unhas e etc., predisposição genética, doenças sistêmicas como fibromialgia, artrite e etc., genética, problemas psicológicos, e também o bruxismo/apertamento. Quer saber se a DTM tem cura? Continue lendo.

DTM tem cura? Será que má-oclusão ou dentes tortos causam DTM? Antigamente, acreditava-se que sinais e sintomas de DTM eram causados pela má posição dentária, hoje, os estudos mostram que o papel da má oclusão na DTM é muito pequena, mas isso não quer dizer que pacientes que tenham má-oclusão não devem tratá-la.

Um estudo com acompanhamento de pacientes durante vinte anos concluiu que problemas ortodônticos não são nem a causa nem a consequência de DTM/DOF. Sendo assim, aparelhos ortodônticos e/ou ortopédicos não são indicados para a prevenção e tratamento de DTM/DOF. 

DTM tem cura? O que o paciente com DTM pode sentir? O paciente com DTM pode sentir desde uma dor na região da face e piora da dor com o ato de mastigar e deglutir, limitação ou travamento de movimentação da mandíbula, cansaço nos músculos da face dor irradiada para cabeça, ouvido, e dentes, ruídos articulares como estalos e barulho de areia perto do ouvido. Por isso muitas pessoas perguntam se DTM tem cura.

DTM tem cura? As crianças podem ter DTM? 

Sim, crianças e adolescentes também podem desenvolver sinais e sintomas de DTM, porém é mais raro nessa faixa etária. Há estudos que mostram que 35% das crianças possuem pelo menos um sinal ou sintoma de DTM. As suas possíveis causas normalmente estão relacionadas a fatores psicológicos e sociais, traumas e hábitos como o bruxismo e apertamento (que é mais comum nas crianças do que em adultos), roer unhas, morder objetos, mascar chicletes e etc. O tratamento e controle da DTM em crianças normalmente é realizado por meio de procedimentos minimamente invasivos. 

E finalmente, será que DTM tem cura? A verdade é que a maioria das DTM’s não tem cura, porém elas podem ser controladas e os sintomas tratados. O tratamento por um método conservador é na maioria dos casos o de primeira escolha, pois normalmente são suficientes para alcançar resultados positivos. Alguns deles são: uso de terapias manuais – exercícios de fisioterapia, orientações de hábitos e auto cuidado, modificação de comportamentos, placas oclusais, medicação, acupuntura, laserterapia, agulhamento e viscossuplementação.  

Bruxismo e DTM/DOF são a mesma coisa? Apesar de muita gente achar que é a mesma coisa, não, bruxismo e DTM são coisas diferentes. Uma coisa é o movimento da mandíbula e outra coisa é DTM, que é o nome dado a uma condição clínica (doença). O bruxismo muitas vezes é visto como uma importante causa de DTM/DOF, embora isso não ocorra em todos os casos. Nem todo o paciente que tem bruxismo apresenta DTM/DOF e nem todo paciente com DTM/DOF tem bruxismo associado.

EXTRA: Agora que você sabe exatamente o que é DTM e que DTM tem cura, conheça também alguns mitos e verdades sobre Disfunção Temporomandibular:

  • É verdade que as mulheres, em geral, são mais afetadas?

Verdade! As mulheres em idade fértil são um dos grupos que estão mais sujeitos ao desenvolvimento da DTM. Mas vale ressaltar que o transtorno também atinge homens, crianças e mulheres de todas as idades. Inclusive, casos de DTM em adolescentes estão cada vez maiores.

  • O processo cirúrgico é a única solução para cura da DTM?

Como falamos anteriormente, é mito! A cirurgia é recomendada apenas nos casos mais graves da Disfunção Temporomandibular. Para ter um diagnóstico preciso, é indispensável procurar um especialista na área.

  • Um estilo de vida mais ajustado é um dos principais meios para combater a DTM?

Verdade! Como os fatores associados à DTM são hábitos parafuncionais ou resultado do estresse, manter um estilo de vida saudável é uma das melhores maneiras de prevenir o transtorno. Lembre-se sempre de corrigir a postura e inclua terapia e exercícios físicos na sua rotina. O bem-estar do corpo também é importante para um sorriso saudável.

Você tem mais alguma dúvida se DTM tem cura? Mande para gente e não esqueça de compartilhar o artigo nas redes sociais. Nos vemos em breve.

 


Atendimento-odontológico-com-sedação-vitaclass.png

maio 24, 2019 VitaclassOdontologia0

É dia de ir ao dentista. Só de pensar em ficar horas naquela cadeira ouvindo o motorzinho que arrepia até a espinha dá vontade de desistir. Mas antes de se arriscar a ter um problema mais sério que exige um tratamento mais complexo, saiba que existem soluções para amenizar o mal-estar dos procedimentos.

Muitas vezes o medo é adquirido por causa de uma experiência ruim. O que importa é respeitarmos isso e desenvolvermos uma forma de deixar o paciente mais confortável, para que, além dos procedimentos em si, ele se sinta bem para frequentar o dentista, sempre pensando na odontologia preventiva.


Meu_filho_tem_medo_de_dentista_e_agora_-_Post_de_blog-vitaclass-1200x675.png

Seu filho não gosta de ir ao dentista? Saiba como o atendimento com um especialista na área pode ajudar na superação desse medo.

A ida ao dentista ainda deixa muitos adultos nervosos, seja pelo barulho da broca ou pelo medo da anestesia. O consultório odontológico ainda é evitado por muitas pessoas, e esse medo pode ser passado para as crianças. Mas será que ainda temos motivos para temer as visitas ao dentista?


Prótese_dentária_e_a_Reabilitação_Oral_Vitaclass-blog-vitaclass-1200x675.jpg

abril 22, 2019 VitaclassProtesista0

Você já deve ter ouvido falar que o sorriso é a moldura do rosto. De fato, a boca é provavelmente uma das primeiras coisas que notamos em uma pessoa, e, quando o sorriso é bonito, faz  naturalmente parecer mais simpática e receptiva. Sabemos que quem perdeu um ou mais dentes fica mais tímido e constrangido em sorrir, já que é um problema que afeta também a auto-estima. Não bastasse isso, a falta de uma dentição funcional pode prejudicar a fala e a alimentação.


Afta_infantil_-_Post_blog-1200x675.png

Todos já sofremos com as famosas Aftas e sabemos o quão desconfortáveis e inconvenientes estas podem ser. Assim como em adultos, as úlceras aftosas podem ocorrer em crianças e causar grande incômodo, dificultando a alimentação e outras atividades cotidianas. Possuem uma duração aproximada de 7 dias e podem ser causadas por trauma na mucosa, baixa imunidade, infecções bacterianas, deficiência de ferro ou vitamina B-12, entre outros.


Logo vitaclass - branco

Projetada para oferecer atendimento em diversas áreas da saúde, baseado nos princípios de excelência científica, técnica e ética.

Temos uma equipe de profissionais especializados pronta para te atender nas áreas de Odontologia, Psicologia e Fonoaudiologia.

Newsletter

Contato e endereço

Florianópolis/SC
Santa Mônica
Rua Eurico Hosterno, 300
CEP: 88035-400

Telefone: (48) 3024-2929
WhatsApp: (48) 99696-2233
E-mail: vitaclass@vitaclass.com.br

Todos os Direitos Reservados • Desenvolvido por