top of page
  • Foto do escritorVitaclass

Os traumas de face podem prejudicar as funções orofaciais?

Os traumas são a terceira causa de morte no Brasil, e o trauma na face um dos mais comuns, afetando entre 5% e 8% desses pacientes. Os mais acometidos são jovens, geralmente devido aos efeitos de sua energia.

O problema pode ser um simples ferimento, como uma lesão no tecido mole ou nos dentes, mas pode ainda envolver questões mais graves, como aquelas que afetam a mandíbula, a maxila, o nariz, o osso zigomático e a órbita.

Acidentes de trânsito, quedas, agressões físicas, acidentes com arma de fogo, entre outros, podem causar traumas e fraturas em diversas partes do corpo, inclusive na face.


Os traumas de face podem prejudicar as funções orofaciais, mais comumente as funções de mastigação, deglutição e fala, em decorrência de lesões na musculatura do rosto, dentes e ossos da maxila e mandíbula. Pode ainda ocorrer alteração na amplitude dos movimentos mandibulares, como na abertura e lateralidade, e alterações no funcionamento da articulação temporomandibular.

O tratamento ao paciente que sofreu um trauma de face é multidisciplinar e especializado. O objetivo da terapia fonoaudiológica é acelerar o processo de recuperação, reabilitar as funções orofaciais de mastigação, deglutição, respiração e fala, reabilitar e reorganizar a musculatura orofacial buscando equilíbrio funcional e estético e minimizar ou eliminar possíveis sequelas.

Se você gostou do nosso conteúdo, não deixe de ler outros artigos em nosso blog. Em casa de dúvidas, procure um profissional da sua confiança. Aqui na VitaClass Clínica temos uma equipe especializada e preparada para lhe atender. Até a próxima!

Comments


bottom of page